5 Factos para NÃO ser Vegan

13:00

Olá a todos!

Hoje o post é sobre veganismo que eu sinto que devia falar mais aqui no blog, o que acham?





Tirei a ideia para este post a partir deste video (que eu acho que todos deveria de ver) e acho que ainda vou fazer mais "5 Factos" sobre o veganismo aqui pelo blog.

Mas hoje são 5 FACTOS CONTRA O VEGANISMO! É isso mesmo contra, sim porque não é tudo um mar de rosas e como tudo na vida, existem vários obstáculos!

1. Pessoas maldosas.

Uma das coisas que percebi logo que me tornei vegan foi os comentários ofensivos das pessoas ignorantes. Comentários como "isso é uma panca" ou "as plantas também têm sentimentos", sinceramente, as pessoas ainda acreditam nisto? As pessoas não pensam no que dizem e esquecem-se que, por insignificante que seja o comentário (para eles), nos pode magoar (ou deixar-nos a pensar, o que é pior).
Nos primeiros tempos a minha primeira reação a estes comentários era atacar de imediato mas ao longo do tempo percebi que essa não era, de todo, a melhor alternativa. Temos de saber responder, de forma clara e precisa. Saber explicar a nossa decisão e mostrar como estão errados. Só assim algumas pessoas deixaram de fazer comentários ofensivos.

2.Ser julgado (eticamente) por utilizar um produto não-vegan.

Este ponto, foi o que me incentivou para fazer este post. Vou explicar melhor.
Ser vegan não se trata apenas de alterar a alimentação mas sim todos os produtos e peças de roupa que contenham produtos animais. (Mas quem é que se lembrou de utilizar pele de animais ou resíduos que venham dos mesmo em tudo o que usamos??) Com isto, fica super difícil para nos, vegans, irmos ao supermercado ou ao shopping e fazermos compras como normalmente as pessoas fazem visto que somos eticamente incorretos se usarmos algo com produtos animais.
Quando vou fazer compras de roupa, tenho sempre de ver as etiquetas para ser é sintético ou real. Já na cosmética a situação piora visto que nos rótulos só existem palavras que nos não percebemos. Aí, o nosso trabalho é pesquisar (bastante) na internet.

O que ultimamente me tem chateado bastante é querer utilizar um produto, que eu sei que testa em animais, mas que, por esse mesmo motivo, não o posso usar. Sabem as novas tintas de cabelo da LÒreal? Essas mesmo, queria imenso pintar o meu mas por esta marca estar associada a testes em animais já não o posso fazer porque estaria a contribuir para estes testes.

Não estou, de todo, a dizer que "odeio" ser vegan ou que me estou a fazer de vitima até porque fui eu que escolhi viver assim e estou muito bem, ótima até!! O problema é das marcas que não percebem que, cada vez mais, as pessoas ligam para a ética animal e continuam a usar animais para tudo!!

3. Comer sempre o mesmo.

Pois, é verdade. Eu tenho super dificuldade em decidir o que comer. Sinceramente no verão é muito mais fácil comer diferentes frutas e vegetais, até porque nos apetece mais produtos frescos. Mas no inverno e outono para mim é um desastre. Não tenho paciência nenhuma para cozinhar (que a verdade seja dita) e por isso, o que faço mais é arroz com legumes salteados que vêm congelados, fácil e saboroso.
Claro que não podemos comer sempre arroz e alguns legumes e aí é que o problema aumenta.
Temos de saber usar diferentes legumes em diferentes receitas com diferentes temperos para sentirmos que estamos a comer algo diferente mas que na verdade estamos a comer os mesmo legumes! O que costumo fazer é comprar, de vez em quando, tofu/seitan ou outras alternativas com almôndegas, croquetes, nuggets, entre outros que, graças a deus, mais lojas começam a investir e alternar com os tais vegetais e legumes!
Mas que daqui vem o outro contra!

4. Dificuldade em encontrar substitutos. 

Quando decidi ser vegan estava muito longe de saber a quantidade de alternativas que existem aos produtos animais. Contudo, a maioria destas alternativas não se encontram em Portugal mas sim, na sua maioria, nos EU. O que dificulta bastante o processo de transição para o veganismo. No inicio da minha transição as primeiras substitutiçoes que fiz foi no leite e na manteiga visto que são os mais óbvios. Existem imensas alternativas para o leite tal como para a manteiga e agora até a Planta tem uma versão totalmente vegan!
As alternativas à carne pode ser uma missão mais dificultada. Visto que é mais caro e nem toda a gente sabe como as cozinhar. Mas estas alternativas também já se encontram em todos os hipermercados e com preço acessíveis.
E relação a nuggets, almôndegas ou douradinhos é provável só encontramos em lojas especificas como o celeiro.
Contudo algumas lojas locais já têm algumas alternativas tal como acontece no sitio onde vivo. Apenas existe uma loja com estas coisinhas boas e não consigo passar um mês sem ir la!

Como disse em cima, cada vez mais as lojas investem em produtos biológicos e vegan mas ainda se vêm pouco, o nosso papel e fazer compras nessas lojas para que percebam que mais pessoas se preocupam a nossa saúde e as dos animais.

5. O "não" dos pais. 

Este é, sem duvida, um dos maiores problemas quando somos jovens e queremos mudar a nossa alimentação. "Ainda somos muito jovens e não sabemos o que queremos nem o que é melhor para nos" mas eu discordo completamente. É na adolescência que temos de experimentar coisas novas para sabermos o que se adapta melhor a nos.
Claro que os pais "mandam" em nós e temos de saber ouvi-los. Mas nós temos de saber como fazê-los ouvir-nos a nós e a compreender-nos. Eles só nos querem ver bem e felizes, se lhes explicarmos, calmamente, o porquê da mudança e de ser o melhor para nós vai ser muito mais fácil para termos o caminho livre.
Pode ser um processo difícil e custoso mas acredito que no final tudo valerá a pena.


Estas foram os 5 factos que achei mais comuns contra o veganismo.

O veganismo não é fácil por estes 5 factos e por outros mas é um estilo de vida muito gratificante e onde não existe crueldade perante os que não se conseguem defender e onde reina a felicidade e a compaixão.

Espero que gostem de pots sobre este tema porque tenciono fazer mais visto que faz parte da minha vida e é muito importante para mim.

Gostam do tema?
Experimentariam o veganismo?
Devo fazer mais post sobre o veganismo?

P.S: Se pensaram logo que o Hambúrguer da imagem era de origem animal, enganaram-se!

Beijinhos, Mónica.

You Might Also Like

19 comentários

  1. a parte que envolve os pais é para mim a mais dificil porque acham que são manias. cá em casa pensam assim também quanto à minha decisão de não comer carne..

    beijinhos
    ropesofpearls.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Não sou vegan, mas admiro as pessoas que o são. Pois existem mesmo muitas dificuldades que tentam sobrepor-se sobre essa decisão. Quando sair de casa dos meus pais quero ter uma alimentação que não inclua tanto carne e peixe, ter refeições completamente vegans, coisa que em casa dos meus pais não consigo de todo. Não sei se um dia irei mudar totalmente, mas queria pelo menos criar um equilíbrio mais saudável na minha alimentação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, acho que é uma ótima ideia!! Consumir menos produtos animais já ajuda muito!!

      Beijinhos!!

      Eliminar
  3. Parabéns por este post, acho que serviu para abrir os horizontes.
    Acho que devias continuar com este tipo de posts, gostei muito de ler este.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Eu não sou vegan e respeito quem o é, mas infelizmente eu não conseguia mesmo!! Não vivo sem o meu queijo xD
    Beijinhos <3

    www.losingmamind.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Felizmente sempre adorei cozinhar e, por isso, arranjar substitutos e variedade não foi um grande problema para mim. Quanto ao resto, concordo tanto contigo que podia ter sido eu a escrevê-los. Em relação ao ponto 5, a minha solução foi simplesmente chegar a casa e dizer que não ia comer mais produtos de origem animal. Assim eles percebem que, ainfal de contas, ainda temos voto na matéria quando toca às nossas escolhas.
    Vai passando pelo blog, de vez em quando partilho umas receitas vegan eheh
    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, no meu caso não sou grande fã de cozinhar e graças a deus tenho uma mãe que me ajuda bastante!! Da minha parte também não foi preciso discutir muito sobre o assunto, eu decidi que queria deixar de comer carne e peixe, ao inicio pensavam que era so uma fase, mas passados 2 anos continuo e já ninguém se importa com isso!
      Mas concordo completamente com o que disseste, podemos ser ainda jovens mas na maioria das vezes já sabemos bem o que queremos!!

      Adoro o teu blog e amo as tuas receitas querida!!
      Beijinhos!!

      Eliminar
  6. É, de facto, uma tarefa complicada! Não sou vegan, mas tenho uma alimentação muito "plant based" e sim, é bastante complicado encontrar substitutos :(
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook

    ResponderEliminar
  7. Adorei o post, tal como todo o blog e já estou a seguir!
    Percebo tão bem do que falas, eu tive sem comer carne durante 2 meses, a minha mãe pensou que era só uma mania e que ia passar, quando se apercebeu que eu estava à muito tempo sem comer carne obrigou me a voltar a comer, não tive escolha por enquanto...
    Beijinhos,
    Love is the new black

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh acredito que tenha sido horrível quando te obrigaram a voltar a comer carne :( Aconselho-te a pedires a tua mãe para teres um vez por semana (ou duas) uma alimentação sem produtos animais... quem sabe se ela não deixa e já estarias a ajudar imenso!!

      Beijinhos querida!! E obrigada!!

      Eliminar
  8. Não sou vegan mas admiro bastante as pessoas que são!

    http://quase-italiana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Gostei imenso! Sou vegetariana há já 2 anos e ando numa transição para vegan há algum tempo mas, infelizmente, pelo pouco acesso a alternativas alimentares torna-se um pouco difícil essa mesma transição. Já para não falar que ter de cozinhar não é bem o meu forte e aqui em casa se eu quero comer algo diferente eu posso, desde que seja eu a fazê-lo... Identifico-me bastante com a maior parte das coisas que escreveste, gostei mesmo muito.

    Beijinhos

    Blog: Concha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo perfeitamente querida! Eu também não gosto nada de cozinhar mas ao inicio se queria uma alimentação diferente, tinha de a fazer e neste momento já sei me desenrascar em algumas coisinhas ahah Tem que ir devagarinho...

      Muito obrigada querida!!
      Beijinhos!

      Eliminar
  10. Não sou vegan, mas não tenho nada contra a quem o é. Gostei bastante deste post, acho que podes continuar! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Muitos produtos substitutos podem ser encontrados em Portugal sim, basta saber onde :) Não sei de que cidade és, mas o Projeto Romã da Tatiana Plantier irá abrir uma loja na Alameda (Lisboa) no início do mês de março e terá também loja online para encomendas, embora as entregas sejam apenas na margem sul (até Setúbal) e Lisboa.

    Espreita: https://www.facebook.com/Projeto-Rom%C3%A3-1802958559916537/?fref=ts


    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  12. É mesmo, no que toca a vegetarianos ou vegans nunca há nada de "novo" para comer! Têm sempre de comer a mesma coisa :( Gostei do post!
    Love, M
    www.blackrosebyannluck.com

    ResponderEliminar
  13. A adaptação deve ser realmente complicada. Mas respeito quem o é, não tenho mesmo nada contra :)

    R: O The Weeknd lançou o álbum depois das inscrições fecharem. Ele vai concorrer para 2018, deve receber algumas nomeações :)

    ResponderEliminar
  14. Obrigado, querida :D Só é pena não trazerem este género de marcas para Portugal :(((

    Tiraste umas quantas dúvidas e acho que devias mesmo fazer mais posts deste género :D
    Por ver esse hamburguer, estou a lembrar-me de quanto comi o meu primeiro hamburguer Vegan, no Munchie! Foi o melhor hamburguer da minha vida!

    Acho que a mentalidade das pessoas ainda não está muito afim de mudanças. As pessoas preferem continuar a olhar somente para elas!

    NEW PERSONAL POST | Happy 4th BLOGIVERSARY, Pieces Of Me <3
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  15. Totalmente de acordo com cada palavra escrita!
    Não tenciono ser vegan duma forma muito rigorosa mas quero evitar o máximo de produtos de origem animal possível! Tendo em conta que moro com os meus pais e irmão, torna-se complicado no que toca a alimentação. E porque eu tenho que comer o que eles comem, e porque a carne é precisa para a saúde, e porque o lete faz bem (mentira, faz muito mal), e porque a fulana xpto é médica e come assim por isso temos que comer como ela... Nem me deixam falar mas enfim!
    Quando eu tiver a minha total independência vou apostar numa dieta vegetariana (não vegan porque, como disse, não quero nada rigoroso). Não quero ser aquela pessoa que vai jantar a casa de alguém e põe-se com esquesitices "ai, não como carne" "ai, não como esse bolo porque tem ovos e leite"... Dar exepção nesses casos mas evitar ao máximo :)

    Beijinhos!

    saraquelsamp.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Instagram